Tendências para o mercado de pet shop

mercado de pet shop

O mercado de Pet Shop no Brasil está em franco crescimento. Dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para animais de Estimação (ABINET), aponta que o país movimentou R$ 18,9 bilhões em 2015.

 

Mercado que não se concentra apenas “dentro de casa”

As exportações movimentaram US$ 236,3 milhões, enquanto as importações chegaram a US$ 6,7 milhões. Esse número mostra a relevância do Brasil em nível global. Os EUA respondem por 42% do faturamento global do mercado PET, enquanto o Reino Unido tem 6,7%.

O Brasil está empatado com a  Alemanha, na terceira posição, com 5,1% da participação global desse mercado. (ABINET)

Mesmo sendo um importante player do mercado pet, o Brasil ainda tem um faturamento menor que o americano e o alemão. O lado positivo disso é que ainda temos espaço para crescer.

Ainda segundo a ABINET – no que diz respeito a animais domésticos – o país possui:

  • 52,2 milhões de cães
  • 37,9 milhões de pássaros
  • 22,1 milhões de gatos
  • 18 milhões de peixes
  • 2,2 milhões de outros animais

O IBGE, por meio da Pesquisa Nacional de Saúde (2013) –  estimou que 44,3% dos lares brasileiros tinham pelo menos um cachorro – no sudeste essa proporção chegou a 58,6%.

O crescimento em valores movimentados, ano a ano, evidencia e deixa claro o quanto o setor pet tem crescido:

  • 2011: R$ 12 bilhões
  • 2012: R$ 14,2 bilhões
  • 2013: R$ 15,2 bilhões
  • 2014: R$ 16,7 bilhões
  • 2015: R$ 18,0 bilhões
  • 2016: R$ 18,9 bilhões

O crescimento é nítido e isso também é possível ver no número de estabelecimentos localizados no Brasil.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Pet Brasil (IPB), que tinha como objetivo entender a estrutura desse mercado, apontou que a maioria dos pet shops (29.000) é composta por empresas de pequeno porte – que possuem faturamento entre R$ 60 mil e R$ 100 mil. Essas lojas empregam, em média, até 3 funcionários. São outras 4.597 petshops de médio porte, com faturamento entre R$ 100 mil e R$ 250 mil.

Na outra ponta, são 97 megalojas, que têm faturamento mensal acima de R$ 750 mil. Esses negócios empregam, em média, 10 funcionários. Além disso, existe a força regional: são 234 megalojas que focam em regiões específicas e que tem faturamento mensal entre R$ 250 mil e R$ 750 mil reais mensais.

E mais: são 350 hospitais veterinários, com faturamento entre 450 mil e 700 mil.

 

O comportamento de compra do consumidor no mercado de Pet Shop

Um estudo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) indicou que 63% do brasileiros, com animais de estimação em casa, os consideram como parte da família, mesmo percentual dos EUA. Só que lá, o gasto médio é de US$ 375,00, enquanto aqui é de US$ 129,55.

O mesmo estudo da SBVC desenhou o perfil de compra do consumidor brasileiros. A base da pesquisa possui  500 respondentes, acima de 18 anos, das classes A, B e C, de todo o Brasil.

Outro dado importante apresentado no estudo, foi com relação ao canal de compra de produtos PET mais utilizados pelos consumidores:

  • Pet Shops menores: 63%
  • Super / Hipermercado: 42,6%
  • Megalojas PET: 21%
  • Clínicas ou hospitais veterinários: 13,6%
  • E-commerce: 9,6%
  • Outros local: 0,6%

A maior parte dos consumidores realiza compras pelos menos uma vês por mês. E os indicadores mostram um crescimento significativo do setor.

 

A importância do monitoramento de mercado no setor de Pet Shop

O crescimento do setor faz com que novos empreendedores, ou mesmo as grandes redes, passem a olhar com mais atenção para ele, o que proporciona investimentos mais agressivos e um mercado mais competitivo – que movimenta fornecedores e gera novas opções aos consumidores.

Esse aumento da concorrência – sobretudo para as megalojas – exige atenção quanto a forma como o mercado tem se comportado, principalmente para as lojas que competem pelo mesmo target.

É preciso entender como os concorrentes têm definido sortimento, preço e posicionamento e traçar estratégias assertivas para garantir sua “fatia de mercado”.

Entre em contato com A InfoPrice, descubra como podemos te ajudar a estudar o mercado e definir a melhor estratégia de preço e sortimento para o seu negócio.