7 maneiras de proteger seu negócio da concorrência

proteger seu negocio da concorrencia

Proteger seu negócio da concorrência envolve tomar alguns passos para se diferenciar. Confira quais são

Está difícil acompanhar a concorrência? Muitas vezes é realmente complicado seguir os passos de outros lojistas. Mas, vale lembrar que isso acontece apenas quando não temos controle da situação, ou seja, quando paramos de procurar inovações e de tentar manter a nós próprios na liderança do mercado.

Quando temos um bom planejamento e antecipamos decisões deles, conhecendo oportunidades no mercado e sabendo a hora de aproveitá-las, é mais difícil que a concorrência nos ultrapasse. Por isso, se você pretende proteger seu negócio é importante manter ações claras, com bom embasamento e estratégia para que a liderança seja impulsionada, sempre que possível, por você.

Abaixo estão algumas formas de garantir maior visão de negócio, capacidade de tomar ações e garantir agilidade para proteger seu negócio da concorrência:

 

1 – Estude bem seu segmento de mercado

Esse é o primeiro ponto: você precisa conhecer muito bem seu segmento de mercado para se destacar da concorrência. Conhecer seu segmento, o que há de inovador ocorrendo, tendências para os próximos anos e expectativas econômicas e mercadológicas te dará insumos para saber quando tomar ações mais ousadas ou cautelosas e como atrair mais clientes.

Acompanhe os noticiários, assine publicações e leia sites e blogs que te mantenham sintonizados sobre o que está acontecendo no âmbito regional, nacional e mundial.

 

2 – Conheça seus pontos fortes e fracos

Algumas empresas já costumam apostar na técnica de criar uma matriz SWOT, ou seja, uma ferramenta de gestão que ajuda na definição de estratégias. A partir dela, é possível registrar e analisar as maiores forças e fraquezas da empresa, além de ameaças e oportunidades.

Ter essa percepção pode te ajudar a fazer das ameaças oportunidades e ter previsões melhores de como o mercado global, imposições legais, conjuntura econômica, entre outros fatores, poderão impactar você e a concorrência.

 

3 – Saiba quais são seus limites de preço e margem

Você precisa estar bastante consciente do preço de cada um de seus produtos, incluindo o que é custo, o que é margem e qual a lucratividade mínima necessária para justificar o negócio.

A ampla percepção sobre seus produtos é uma forma de não cometer erros graves na ânsia de acompanhar ações de concorrentes e acabar prejudicando o negócio.

 

4 – Acompanhe movimentos da concorrência

Procure monitorar e tomar decisões embasadas em movimentações de seus concorrentes. A inteligência para varejo pode te mostrar dados reais sobre preços de produtos que você e outros competidores estão vendendo e direcionar ações em seu próprio negócio.

Se você conhece seus limites de preço e monitora a concorrência, consegue oferecer promoções estratégicas em determinados itens e até mesmo elevar seu preço e equipará-lo ao mercado quando notar que está perdendo lucratividade com suas ofertas.

 

5 – Faça diferente e ofereça mais qualidade

Treine muito bem sua equipe para que todos estejam comprometidos em fazer entregas de qualidade e garantir excelência no atendimento ao cliente. Além disso, procure formas de oferecer inovação em sua loja, com foco na facilidade e experiência ao consumidor.

Nos itens em que competir por preço for mais difícil, este será um bom diferencial para garantir um público fiel em sua loja, que preza muito pela qualidade, mesmo que pague um pouco a mais por isso.

 

6 – Crie estratégias de marketing embasadas em dados

Fazer ações de marketing é fundamental. Mas quando sua estratégia de divulgação é ancorada por dados sobre o negócio, os resultados são muito mais promissores. E isso vale tanto para o varejo online quanto para o físico.

Quando você identifica que o concorrente baixou o preço de algum item e que você tem margem para competir com ele, deve sim aproveitar a chance de colocar seu produto em promoção. E a melhor maneira de garantir mais vendas é anunciando sua oferta para que os clientes possam saber disso, comparar oportunidades e comprar com você. Na via contrária, quando seu valor é mais alto, pode criar ações que mostrem o valor da experiência proporcionada por sua loja!

 

7 – Planeje cestas de ofertas compondo um mix de produtos

Não perca a chance de identificar produtos complementares e que podem ter ações em conjunto. Se você tem um Pet Shop, por exemplo, e a Marca X de ração para gatos entrou em promoção, vale identificar quais outros produtos para gatos também estão com preços chamativos – como areias, snacks, escovas, etc. O mesmo conceito pode ser aplicado por outros segmentos.

Criar ofertas e anúncios que valorizam a composição de toda uma cesta de produtos te ajudará a se comunicar com um determinado perfil de cliente. Quando ele recebe essa informação pode entender que vale muito mais a pena fazer uma viagem única, em sua loja, e comprar todos os itens que precisa, do que fazer várias viagens em locais diferentes. A receita, é claro, será concentrada em seu negócio.

 

Em que setor você atua? Já toma todas estas medidas para proteger seu negócio da concorrência?