5 Forças de Porter e Análise de Competitividade

5 Forças de Porter

O modelo das 5 Forças de Porter irá auxiliar sua empresa a se destacar frente seus concorrentes!

Você conhece profundamente seus concorrentes?

Então responda:

  • Em que pontos você está à frente deles?
  • Em que aspectos seus concorrentes levam vantagens?

Se não conseguir responder essas perguntas de forma rápida e precisa, chegou a hora de começar a usar as 5 forças de Porter!

O modelo das 5 Forças de Porter é uma ferramenta simples, mas bastante poderosa para você analisar como se comporta a concorrência entre empresas, além de representar de forma simples, e didaticamente, os principais fatores externos que influenciam seu negócio e as concentrações de poder em segmentos de empresas.

O modelo, criado em Harvard pelo professor Michael Porter, parte do pressuposto que empresas, geralmente, observam a concorrência de uma forma muito limitada, considerando apenas a rivalidade de seus concorrentes diretos.

No entanto, segundo o modelo, há outras 4 grandes forças que devem ser levadas em conta para o planejamento estratégico e que estruturam e moldam a natureza competitiva de uma indústria.

As 5 forças de Porter são:

  1. Rivalidade entre os Concorrentes
  2. Poder de Negociação dos Fornecedores
  3. Ameaça de Novos Concorrentes
  4. Ameaça de Produtos Substitutos
  5. Poder de Negociação dos Clientes.

Cada uma das 5 forças de Porter:

Rivalidade entre os Concorrentes

O mais importante para entender a competição entre empresas é mapear as principais Forças e Fraquezas de seus principais concorrentes.

A rivalidade entre concorrentes assume inúmeras formas – e pode maligna ou benigna para a indústria.

Algumas vezes, será o motor de inovação, criatividade e implementação tecnológica, mas por outro lado, pode ser altamente destrutiva, principalmente se traduzida somente em batalhas de preços e ataques desleais a concorrentes.

Quais as vantagens competitivas de seus concorrentes? E as suas?

Como você monitora os produtos e preços de seus concorrentes?

Poder de Barganha de Fornecedores

Qual o poder de barganha de seus fornecedores?

O quão dependente você é de seus fornecedores? E de seus produtos?

Fornecedores muito influentes e com alto poder de barganha capturam mais lucro para si mesmos, transferindo montantes maiores para suas cadeias de valor. Ademais, podem limitar a qualidade de produtos, e manipular seus lucros e faturamento.

Portanto, pondere, reflita e escolha ótimos fornecedores, principalmente àqueles ligados ao core business de sua empresa. Você pode ser rendido por eles.

Poder de Barganha de Clientes

Qual seu poder de atração de novos clientes?

Em uma situação de urgência, se sua empresa precisar de novos clientes, qual a efetividade de suas estratégias de atração e conversão?

E o mais importante, sua empresa é dependente de alguns clientes? Em qual medida?

É bastante comum em certas indústrias, onde empresas são totalmente dependentes de grupos de clientes e sofrem pressão por melhores preços e mais valor agregado em seus produtos.

O caso não é necessariamente de escolher bons clientes, mas sim, agir estrategicamente em caso de cancelamento de contas chave, elaborando planos de ação e controlando gastos eficientemente, de forma constante e pragmática.

Ameaça de Novos Concorrentes

Como evitar ou dificultar a entrada de novos players? Sua empresa leva isso em conta?

Novos concorrentes em um cenário competitivo chegam com ambição de ganhar mercado e desejo de modificar o status quo, colocando pressão em custos, preços e margens de lucro.

É importante que essa seja uma preocupação frequente de executivos, que devem proteger seus negócios e criar barreiras a novos entrantes. Marcas fortes, patentes e contratos de exclusividade são algumas formas para isso.

Ameaça de Bens Substitutos

Existe alguma empresa que faz a mesma coisa que você?

O cenário tecnológico atual é cada vez mais ágil e impiedoso com ferramentas e processos obsoletos ou rudimentares, por isso substitutos surgem com extrema rapidez e força ímpar.

Os maiores inimigos das empresas, neste caso, são: assumir que sua posição competitiva está assegurada e confiar cegamente na fidelidade de seus clientes. Crie mecanismos de monitoramento de concorrentes e implemente uma cultura de feedback com clientes, somada a pesquisa e desenvolvimento e tecnologias para satisfazê-los.

Quais ferramentas de monitoramento de novas tecnologias que sua empresa possui?

Sua empresa é aberta à inovação?

Como aplicar o Modelo de Competitividade

Uma vez que sua análise está completa, é necessário implementar estratégias que aumentem suas vantagens competitivas. Para isso, em seu artigo, Porter exemplifica três estratégias genéricas que podem ser implementadas por qualquer indústria ou segmento.

Liderança de Margem: Aumentar lucros a partir da redução de custos, ao mesmo tempo que o preço se mantém estável aos padrões da indústria. Ou até mesmo aumentar Market share, a partir da redução de preços e retenção de lucro.

Diferenciação: Foco na pesquisa e desenvolvimento de produtos e soluções que se diferenciem significativamente da concorrência, aumentando sua competitividade e aumentando a percepção de valor ao público.

Foco: Em nichos específicos de mercado para venda de produtos. Esta estratégia requer profundo conhecimento do ambiente de negócio, de seus fornecedores e concorrentes. Geralmente, vem acompanhado por táticas de liderança de margem e diferenciação.

Quer saber mais?

Monitoramento de concorrência e análise do ambiente competitivo são especialidades da InfoPrice!

Por aqui publicamos diversos textos sobre os assuntos! Veja aqui alguns que irão auxiliar a sua empresa a se tornar líder em sua região!